sábado, 24 de junho de 2017

Os 70 anos de Asfora!

MF Marcos Asfora
Por FERNANDO MELO

O xadrez do Nordeste vive hoje um dos seus melhores dias ao comemorar os 70 anos do MF Marcos Asfora, decano do xadrez de Pernambuco e uma grande figura humana. Falar de Asfora é para mim motivo de satisfação, principalmente num dia como o de hoje. Vice-Presidente da Confederação Brasileira de Xadrez, um dos maiores jogadores do xadrez postal que o Brasil conheceu, já tendo sido campeão nacional. Detentor de maior numero de finais de Brasileiro e também autor da partida mais longa jogada no país, ao vivo.

Tudo isso ainda é pouco, se não falarmos do Asfora como ele realmente é. Me refiro ao seu espírito de defensor do desenvolvimento do xadrez em Pernambuco e no Nordeste, onde exerce conhecida liderança e carisma. Como falar do consagrado Torneio Nordestão sem lembrar Marcos Asfora?

Conheço Asfora desde 1976, já estive com ele várias vezes e sempre o encontrei a mesma pessoa. Torneio que Asfora participa tem um brilho especial, porque ele, apesar de não muito falante, cativa facilmente as pessoas, pelo simples fato de ser respeitado por todos por sua longa história de amor ao xadrez.

Como se não bastasse, Asfora tem agora a iniciativa feliz de homenagear os dois maiores nomes da história recente do Xadrez de Pernambuco: Dr. Luiz Tavares e Eduardo Asfora! O Torneio que começa no segundo fim de semana de julho próximo, vai certamente reunir um grande número de enxadristas da região. E desde já, registro, com satisfação, um fato que deve acontecer e que é raro: estarão presentes 4 diretores da Confederação Brasileira de Xadrez, o GM Darcy Lima (presidente) o AI Antonio Bento, e os MF Marco Asfora e Maximo Macedo (todos vice-presidentes).

Estaremos lá, com uma boa delegação de paraibanos. A convite de Asfora, farei a abertura com um breve discurso sobre os dois homenageados.

Estou feliz, ao poder parabenizar Asfora por tudo que ele tem feito pelo xadrez e hoje, especialmente, pelos seus bem vividos 70 anos!   

Frase do dia

É um erro profundo imaginar que a arte da combinação depende apenas do talento natural e que não pode ser aprendida.  RETI 
(Fonte Chessgame.com)

sexta-feira, 23 de junho de 2017

O herdeiro de Bobby Fischer!

Por FERNANDO MELO

GM Samuel Sevian (EUA, 16 anos.
Ontem cedo, por volta das 6 da manhã, conversei com Bobby a respeito do jovem Samuel Sevian. Ele me disse que estava sabendo, então falei que já o considerava seu herdeiro. Ele sorriu e disse: Por sua conta e risco. E logo desapareceu. Então vai assim mesmo. Já que Bobby não assumiu, eu assumo!

Afinal, quem é esse tal de Samuel Sevian?

Bem, ele acaba de vencer o Campeonato das Américas, o conhecido Continental, que foi realizado em Medellin, Colômbia, nos dias 9 a 16 do corrente mês, em 11 rodadas (ritmo de jogo: 90 minutos para os primeiros 40 lances, mas 30 minutos para terminar a partida, com 30 segundos de incremento por movimento). Foram jogadores de 19 países das três Américas ( Colombia 143, Venezuela 16, Brasil 14, Peru 13 e Costa Rica 12 representantes foram as maiores delegações), com 29 Grandes Mestres, sendo o maior ELO o de GM Eduardo Iturrizaga (Venezuela-2663) e o mais baixo, do GM Gildardo Garcia (Colômbia 2396), contando ainda com 1 WGM, 42 MIs, 9 WIMI, 43 MF, 11 WMF, 12 CM e 6 WCM. No total, tivemos 256 participantes.

Samuel Sevian, de origem arnênia, é o GM mais jovem da historia dos Estados Unidos, já que conquistou esse desejado título aos 13 anos de idade! Segundo Leontxo Garcia, ele é a maior promessa dos Estados Unidos na atualidade!

Para se ter uma ideia da força de Sevian, quando ele tinha 14 anos, jogou o Campeonato do seu pais, e terminou em 5º lugar entre 12 participantes. O detalhe importante é que ele empatou com o campeão e com o vice (Nakamura e Robson) e venceu o terceiro lugar (So W)!

Venho pesquisando mais sobre Sevian, pois estou acreditando muito no seu potencial e vou ficar de olho nele com mais frequência. Mas gostaria de encerrar este artigo com uma partida primorosa em que ele venceu para o temível Alexei Shirov, jogado na Suécia, ano passado. Os últimos lances me deixaram emocionado!
Sam aos 13 anos e já era Grande Mestre!

Sam aos 9 anos

"Há muitos jovens americanos muito promissores nos dias de hoje, mas um que continua surgindo no Jogo da Semana é San Sevian. Ele tem um estilo ousado e agressivo, que é provável que produza jogos emocionantes, e quando você o combina com Alexei "Fire on Board" é uma combinação combustível. No Hasselbacken Open em Estocolmo, Sevian estava pronto para a difícil abertura de Shirov, sacrificando um peão para uma boa compensação. Quando Shirov sacrificou o peão de volta - e depois uma torre para uma boa medida - as coisas ficaram realmente selvagens".

A. Shirov - S. Sevian

1.e4 e5 2.Cf3 Cc6 3.d4 ed 4.Cd4 Cf6 5.Cc6 bc 6.De2 Bb4+ 7.c3 Be7 8.e5 Cd5 9.Dg4 Rf8 10.De4 d6 11.c4 Cb6 12.Dc6 Tb8 13.Cc3 Bb7 14.Db5 Cd7 15.ed Bd6 16.Dg5 f6 17.Dh5 De7 18.Be2 Bg2 19.Tg1 Be4 20.c5 Cc5 21.Tg7 Rg7 22.Bh6+ Rg8 23.0-0-0 Bg6 24.Bc4+ Ce6 25.Dh3 Rf7 26.Cb5 Tb2 27.Rb2 Tb8+ 28.Bb3 Be5+ 29.Cc3 c5 30.f4 c4 31.f3 cb 32.a4 Cc5 33.ef Dc7 34.Td4 Td8 35.Td8 Dd8 36.De3 Dd6 37.Cb5 Cd3+ 38.Rb1 Ce5 39.Rb2 Cd3+ 40.Rb1 Cf2+d. 41.Rc1 Dd1+ 42.Rb2 Cd3+ 43.Ra3 Da1+ 44.Rb3 Db2+ 45.Rc4 Db4+ 46.Rd5 Be4+ (0-1)   

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Frase do dia

Todo o segredo da arte da guerra reside na capacidade de se tornar mestre na arte da comunicação.  
Napoleão (Chessgame.com)

terça-feira, 20 de junho de 2017

Fier brilha no Continental!

Fier, em foto do seu Facebook, comemora sua
classificação para a Copa do Mundo!
O GM brasileiro Alexandr Fier conseguiu sua 5ª classificação seguida para a Copa do Mundo de Xadrez, que, este ano, vai acontecer em "sua casa", no mês de setembro, em Tbilisi, na Geórgia, local onde Fier mantém residência. Sua participação no Continental da Colômbia foi mesmo notável! Foram 11 rodadas, nas quais Fier obteve 4 vitórias iniciais, seguidas de 5 empates, após o que sobreveio 1 vitória e, na última rodada, 1 empate contra o GM Eduardo Iturrizaga (COL - 2663), o pré-ranqueado número 1 da prova e melhor Elo FIDE da América do Sul, na atualidade! Com essa campanha invicta, Fier terminou a prova na 9º colocação, com 8 pontos, e garantiu lugar, junto com mais 5 jogadores com igual pontuação, na disputa pela última vaga da Copa do Mundo, ainda em aberto, na ocasião. Todos partiram para o torneio de desempate, no ritmo de 15'+10''. Após as 4 rodadas iniciais, Fier somava 3 pontos (2v, 2e) e dividia a liderança contra ninguém menos do que Iturrizaga! E qual era o confronto da tabela na última rodada? Exatamente Fier x Iturrizaga! Uma legítima decisão pela última vaga da Copa do Mundo! Deu Fier! Assim, o brasileiro terminou invicto também no torneio de desempate, coroando de extremo êxito sua participação no Continental e garantindo vaga de mais um brasileiro no cobiçado evento internacional da Geórgia, que terá ainda o GM Felipe El Debs, classificado no Zonal 2.4, ocorrido em Florianópolis, no último mês de abril. Foi mesmo um torneio brilhante de Fier, que, certamente, guardará na memória esse seu grande feito em terras colombianas! Confira aqui a partida final de desempate entre Fier e Iturrizaga, obtida do site do GM Rafael Leitão. Parabéns a Alexandr Fier por essa brava conquista e muito boa sorte na Copa do Mundo!

Brasileiros no Continental

GM Samuel Sevian (centro) 16 anos,
vencedor do Continental 2017
Tivemos 12 participantes do Brasil na XII edição do Continental deste ano, na Colômbia e que contou com 256 jogadores. Na classificação geral, o vencedor foi o norte-americano GM Samuel Sevian (2601) que somou 8,5 pontos em 11 possíveis. 

Vejamos a relação dos brasileiros:


GM Alexandr Fier
09 - GM Alexandr Fier - 8,0
21 - GM Krikor Mekhitarian - 7,0
46 - MI Roberto Molina - 7,0
47 - MI Cesar Umetsubo - 7,0
73 - MF Alvaro Aranha - 6,5
80 - MI Renato Quintiliano - 6,5
104 - MF Luismar Brito - 6,0
126 - Milton Okamura - 5,5
133 - MF Martins Madeira - 5,5
149 - WMF Suszana Chang - 5,0
229 - Elias Moises - 3,5
232 - MF David Borensztain - 3,5


OBS: O paraibano MF Luismar Brito perdeu 23,6 pontos no seu ELO, e o carioca MF David Borensztain foi o que mais perdeu: 77,4 pontos. 

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Poema Xadrez

Por Selma Araújo

É um jogo antigo na história
Que nos faz parar, calcular e pensar
Muito bom para ativar a memória
Pra toda idade, para o cérebro ativar.

Minha gente experimente jogar xadrez
Você nunca mais vai querer parar
É um jogo que todo mundo tem vez
É bom para o raciocínio ...
Estimula o cérebro que ameaça parar.

domingo, 18 de junho de 2017

Citação do dia!

"A arma mais poderosa no Xadrez é ter o próximo movimento!" - David Bronstein 
(Fonte: Chessgames.com)

Perder para aprender!

Não é balela, é fato. Um dos jogadores mais respeitados da história do xadrez, chama-se José Raul Capablanca. Pois bem, vejamos o que ele disse:
"Nenhum livro ou professor pode, por si só, ensinar a jogar. O livro, como o mestre, só pode assinalar o caminho a seguir. O estudante, por sua parte, tem que concentrar todo o seu esforço e atenção possíveis. A prática e a experiência farão o mais. Os que desejam adiantar devem sempre estar dispostos a jogar e a perder. Em geral, aprende-se mais nos jogos que se perdem do que nos jogos que se ganham".

Livro, gênio e máquina!


II Ativo Junino 2017


Participantes, dirigentes e convidados do II Ativo Junino 2017 no Clube de Xadrez Miramar

Foi realizado na tarde de sábado passado. no Clube de Xadrez Miramar, o II Torneio Ativo Junino 2017, com a presença de 16 jogadores, no sistema suiço de 6 rodadas com 15 minutos nocaute. O torneio, que contou com a direção de Fernando Melo, arbitragem de Fabiano Andrade de Araujo e coordenação do MF Francisco Cavalcanti, teve como vencedor Jailson Maranhão, que somou 5,5 em 6 pontos possíveis. Completaram o pódium. Ednaldo Moreira com 4,5 e Genivaldo  Oliveira com 4 pontos. Todos receberam medalhas,
Os demais classificados foran:  4/5 - Luciano Galdino e José Mario Espínola, 4 pontos; 6/9 - Edson Loureiro, Claudionor Henriques, Genildo Gomes e Petrov Baltar, com 3,5 pontos; 10/11 - Alexandre Teixeira e Felipe Guedes, com 3 pontos; 12/13 - Waldemiza Gurgel e Mirra Mariana com 2 pontos/ 14/15 - Eny Nobrega e Severino Targino, com 1 pontos; 16 -Túlio Santos não pontuou.
O Clube de Xadrez de Miramar está de parabéns. Estivemos presente e sentimos a evolução de providências necessárias para o bem estar dos frequentadores, entre sócios e convidados. Parabéns à primeira dama do Clube, Lili Cavalcanti, pelo diversificado lanche que ofereceu aos participantes, como também parabéns pela excelente arbitragem de Fabiano Andrade. O dirigente MF Francisco Cavalcanti me confidenciou que está providenciando o banner do Clube.
Lembramos que no próximo fim de semana o Clube estará fechado por conta das Festas Juninas, voltando ao normal no próximo dia 30, sexta-feira.  (FM) 
MF Francisco Cavalcanti com o Pódium
Jailsosn Maranhão recebe a Medalaha de Ouro
Ednaldo Moreira a de Parata
Genivaldo Oliveira a de Bronze

sábado, 17 de junho de 2017

Aronian vence o Norway Chess!

Fonte: site oficial do evento


Terminou nesta sexta-feira o Altibox Norway Chess, na cidade de Stavanger, no norte da Noruega. Celebrado como um dos maiores torneios da história do xadrez, o evento contou com 10 dos 12 jogadores melhores ranqueados do mundo, chegando a ser planejado para receber os Top Ten da FIDE, mas as variações do Elo até o início do evento, fez com que 2 dos participantes não ocupassem a dezena dos primeiros lugares do xadrez internacional. Ainda assim, o Elo médio atingiu a incrível marca de 2797 (!), um número realmente magnífico, que impressiona a nós outros, meros mortais do reino de Caíssa. 

Foram distribuídos 249.000 euros, distribuídos entre todos os 10 participantes, cabendo 70.000 euros para o campeão, 40.000 euros para o vice-campeão e 25.000 euros para o terceiro lugar.

Como não podia deixar de ser, a competição foi equilibrada, com nada menos do que 76 empates, em 90 partidas jogadas! Contudo, não se pode dizer que não houve luta, pois, segundo o Regulamento do torneio, não era permitida a oferta de empates entre os contendores, o que levava as partidas para a definição do resultado no próprio tabuleiro.

O campeão foi o armênio Levon Aronian, que confirmou a boa fase, sagrando-se campeão invicto, com 3 vitórias e 6 empates, somando assim 6 pontos em 9 possíveis. Não custa lembrar que Aronian também vencera em abril último o também estelar evento Grenke Chess Classic, na Alemanha. 

O outro invicto da prova da Noruega foi Wesley So, que empatou nada menos do que todas as suas 9 partidas! Nakamura terminou em segundo lugar, com 5 pontos e Kramnik em terceiro também com 5 pontos.

O destaque negativo foi, sem dúvida, o anfitrião e atual campeão mundial, Magnus Carlsen! Principal estrela do evento - aparecendo inclusive em destaque no folder oficial do torneio, em meio aos outros ilustres participantes - o norueguês não atendeu as expectativas, mesmo depois de vencer de forma categórica o certame prévio de blitz, que serviu para definir as posições do torneio principal de clássico. Nesse evento inicial, Carlsen somou incríveis 7,5 pontos em 9, abrindo 2 pontos de vantagem para Nakamura e Aronian, segundo e terceiro, respectivamente. 

No evento principal, todavia, o campeão mundial, que recentemente vem usando um óculos nada discreto, amargou apenas a penúltima colocação, voltando a repetir o fiasco do Norway Chess de dois anos atrás. Ele perdeu 2 partidas, empatou 6 e venceu apenas uma, contra seu rival mais recente na luta pelo título mundial, o russo Karjakin. Não deixa de causar furor, o fato de que os atuais campeão e vice-campeão do mundo ocuparam as duas últimas posições do torneio! 

A propósito, afora Wesley So, que como vimos empatou todas, Karjakin foi o único que não conheceu o sabor da vitória nesse torneio de estrelas do xadrez mundial.

Sobre as partidas, vale destacar a vitória de Aronian sobre Carlsen, na quarta rodada, que vem sendo cotada para a melhor partida do ano! Com sacrifícios de material e lances precisos, o armênio superou o norueguês, cuja resistência rigorosa também contribuiu para valorizar ainda mais esta bela produção enxadrística. Confira aqui a partida, extraída do site do GM Rafael Leitão.

Em decorrência do resultado final do Altibox Norway Chess 2017, Carlsen perdeu pontos no Elo e, mesmo mantendo a liderança do ranking mundial, vê seus adversários aproximarem-se perigosamente dele. Se considerarmos apenas esse evento, temos Carlsen agora com 2822 pontos, seguido de perto por Kramnik (2811), Wesley So (2810), Aronian (2809) e Caruana (2806). 

A seguir, mostramos a classificação final do torneio.

Fonte: Site Chessbase